Os 5 tipos corporativos

Você pode nem se dar conta, mas no dia a dia, trabalhando em uma empresa, tem de se relacionar com uma diversidade de tipos de profissionais.

Com alguns deles a convivência é pacífica e até harmônica. Com outros, a relação é tensa e beira o conflito. “O desafio é trabalhar bem com cada perfil e evitar que uma pessoa prejudique o desempenho do grupo”, diz Arlindo Felipe Jr., diretor da AFJ Consultoria. Conheça  os cinco tipos de profissionais que estão presentes em todas as organizações e saiba como lidar com cada um deles.

Encosto
Ele se aproveita das oportunidades que aparecem para os outros. Não tem compromisso com nada nem com ninguém, a não ser com ele mesmo. Para tudo que é discutido, a resposta é quase sempre a mesma: “Não sei”. Cada equipe tem pelo menos um encosto. Não dura muito tempo em cargos mais altos devido às exigências da posição. Como lidar? Basta designar tarefas e enchê-lo de trabalho.

Paciência zero
É o típico estressado, que está sempre irritado e distribuindo patadas. Dependendo do ramo de atuação da companhia, até 50% da força de trabalho se encaixa no perfil. Como lidar? Paciência, muita paciência. É fundamental o desenvolvimento desse profissional na companhia para que seu mau humor não contamine os outros. É caso para coaching.

Deus
É o funcionário que acredita ser perfeito e incapaz de cometer erros. Um grupo ou departamento tem de um a dois “deuses”. Como lidar? Ele nunca erra, aliás. Quando acontece um deslize em seu departamento, ele imediatamente procura alguém para culpar. Para esse tipo de perfil, a solução é um bom feedback. Se nada disso funcionar, talvez seja o caso de falar com o chefe.

Duas caras
É o funcionário dissimulado, que nunca mostra suas reais intenções. Geralmente é um carreirista, que quer agradar a todos. É muito fácil identificá-lo; difícil mesmo é saber de que lado ele joga. Como lidar? Primeiro, precisa ser identificado e, depois, cortado da sua lista de confidentes. Ele exerce influência sobre os outros e pode comprometer o bom funcionamento do departamento.

Femme fatale
Ela usa de sua beleza para ganhar a admiração dos superiores. Elas são a minoria, porém, são facilmente identificáveis. Costumam se vestir como se fossem sair da firma para a balada. Como lidar? Se o comportamento dela cria desavenças na equipe, é o caso de chamar a moça para uma boa conversa. Agora, isso pode não resolver e você corre o risco de se indispor com algum superior.

Fonte: Você S/A

Sobre ideaconsultoria
Somos uma empresa que atuamos nas áreas de Gestão da Qualidade, Gestão de Pessoas e Gestão Estratégica. Trabalhamos com: - Método PDCA; - FMEA; - Ferramentas da Qualidade; - Programa 5S; - ISO 9001; - ISO 14001; - OHSAS 18001; - SGI; - Elaboração de Plano de Ação; - Assessoria e consultoria ao PGQP; - Relatório de Gestão PGQP; - Planejamento Estratégico; - BSC; - Desenvolvimento de Equipes; - Desenvolvimento de Lideranças; - Integração de Novos Colaboradores; - Entrevista por Competência; - Avaliações Psicológicas; - Gestão de Clima Organizacional; - Endomarketing; - Avaliação de Desempenho; - Remuneração variável; - Plano de Carreira. Acesse nosso site www.ideaconsultoriaeassessoria.com

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: